ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Representantes do Meio Ambiente se reúnem para definir detalhes da implantação de Cooperativa em Itaporanga

O encontro aconteceu na sede da Prefeitura Municipal de Itaporanga D'Ajuda

10/11/2017 14:16


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Representantes do Meio Ambiente se reúnem para definir detalhes da implantação de Cooperativa em Itaporanga

Durante a manhã desta sexta-feira, 10, representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Secretaria Municipal de Assuntos Jurídicos, Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Câmara de Vereadores e catadores de Resíduos Sólidos de Itaporanga D’Ajuda, se reuniram, mais uma vez, na sede da Prefeitura de Itaporanga, para tratar da formalização da Cooperativa de Catadores de Resíduos Sólidos no município.

O diretor municipal de Meio Ambiente, Augusto Garção, enfatiza a importância do encontro. “Essa reunião é mais um passo para verificarmos o que está faltando para a formalização da nossa Cooperativa de Catadores de Resíduos Sólidos. Nós estamos trabalhando para concluir a parte burocrática da formalização desta Cooperativa e engajados em atender toda a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Então foi um encontro bastante proveitosa, uma reunião muito importante”, afirmou.

A representante da Semarh, Maria Valdinete, destaca o objetivo do encontro e quais os ajustes que foram discutidos. “Nós estamos tentando formalizar a Cooperativa e a reunião foi, justamente, para ajustar os pontos que estão faltando, que são como vamos implantar coleta, construção do galpão de triagem e como vamos abrigar esses catadores mediante ao trabalho da reciclagem. O procurador vai viabilizar a questão da lei da coleta seletiva, a vereadora vai dar uma força também na procura dessa lei”, explica.

“Para os catadores, os encaminhamentos são eles se juntarem mais, fazer reuniões entre eles para ver como andam a questão do cadastramento e na próxima reunião vamos ver se já conseguiram uma área para a construção do galpão. A importância dessa ação está na questão meio ambiente está a valorização do lixo, que muitas vezes a gente não sabe qual o destino, mas acabar com essa questão de agredir o meio ambiente, e quanto aos catadores a importância está na humanização, sair desse trabalho desumano para ter uma melhor qualidade de vida”, concluiu.

Participaram da reunião o diretor municipal de Meio Ambiente, Augusto Garção; o procurador Geral do Município, Marcelo Sobral; a coordenadora de apoio do Consórcio de Resíduos Sólidos da Região Agreste, Maria Valdinete; a assessora de mobilização da Regional Lagarto pelo Projeto Sebrae Catadores, Tânia Santos; e a vereadora Anazilda Sobral.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS