ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Itaporanga recebe visita de técnicos do FNDE

Visita teve objetivo de colher informações sobre o Programa Caminho da Escola e o Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (PNATE)

10/05/2017 20:27


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Itaporanga recebe visita de técnicos do FNDE

Durante esta quarta-feira, 10, a Prefeitura de Itaporanga, através da Secretaria Municipal de Educação, recebeu a visita de técnicos do Fundo Nacional do Desenvolvimento de Educação (FNDE), com o objetivo estreitar laços entre Governo Federal e Município e colher informações sobre o Programa Caminho da Escola e o Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (PNATE).

Na oportunidade, os técnicos acompanharam o transporte dos alunos em alguns ônibus escolares do município, conheceram algumas escolas e como são transportados os alunos do povoado Ilha Men de Sá. Os profissionais realizaram vistoria in loco em três cidades: Itaporanga D’Ajuda, Lagarto e São Cristovão. O secretário municipal de Educação, Ronaldo Oliveira, destaca as atividades que foram realizadas em companhia dos técnicos do Fundo.

“Foram técnicos que vieram visualizar de perto como estava o funcionamento do transporte escolar, Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), enfim, os programas financiados pelo FNDE. Aqui no nosso município eles fizeram visitas em in loco nas Escolas Antonieta Gambardella, Nilson Barreto Socorro e Pedro Barreto de Andrade. Além disso, nós fomos até a comunidade da Ilha Men de Sá, haja vista que pleiteamos que seja liberada pelo FNDE uma lancha para transportar os alunos que residem naquela comunidade. Lá residem cerca de 40 estudantes que fazem o traslado todos os dias entre as comunidades Ilha Men de Sá e Caibros”, afirmou o secretário.

A equipe também realizou alguns questionários com profissionais e estudantes do município, a fim de obter informações sobre a funcionalidade dos programas. “Aqui na cidade eles tiveram contato direto com os motoristas dos transportes escolares e aí perceberam o tratamento que é dado aos estudantes, a qualidade dos transportes, a quantidade dos transportes - se é suficiente ou não -, a qualidade das estradas, foi uma visita para verificar in loco como estão funcionando esses programas aqui no município”, concluiu o secretário.

O coordenador do Programa Caminho da Escola, João Antônio Lopes de Oliveira, afirma que não se trata de uma fiscalização do órgão, apenas o recolhimento de informações. “Nós temos aqui o objetivo de trazer e colher informações a respeito do transporte escolar, seja do Programa Caminho da Escola ou do PNATE, para que a gente possa melhorar o transporte escolar, melhorar a qualidade dos ônibus do Programa Caminho da Escola e informar os gestores sobre essa necessidade e a colaboração que estamos dando, a partir de então, no sentido de melhorar o transporte no município”, afirmou.

“A visita não tem caráter de vistoria, nem de fiscalização, tem o caráter de nos aproximarmos do município, no sentido de colaborar nessas melhorias que são necessárias e vão ser mais frequentes. A fiscalização fica por conta dos órgãos de controle. O FNDE se preocupa, na verdade, em se aproximar dos entes federais (Estados e Municípios), no sentido de melhorar a nossa participação nesse contexto, no nosso caso, em especial, o transporte escolar”, concluiu Lopes.

O técnico Gabriel Andreozzi destacou a visita ao município como bastante positiva. “A gente veio aqui para monitorar os programas do transporte escolar, como executam os programas no município e prestar orientações necessárias para que eles possam fazer isso da melhor forma possível. Quando a gente faz esse tipo de trabalho, a gente avalia a visão dos gestores, dos conselheiros do Fundeb, dos motoristas, e, fundamentalmente, dos alunos que são beneficiários do programa. O encontro no município foi muito bom, dentro do que a gente esperava e assim que a gente chegar em Brasília vamos consolidar o nosso trabalho em um relatório e enviar para o município”, concluiu.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS