ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Secretário de Educação esclarece reestruturação da pasta em sessão solene na Câmara de Vereadores de Itaporanga

O secretário explicou as principais mudanças e quais os benefícios que essas transformações acarretarão para a sociedade

17/05/2017 10:42


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Secretário de Educação esclarece reestruturação da pasta em sessão solene na Câmara de Vereadores de Itaporanga

Durante sessão solene na Câmara Municipal de Vereadores, na noite desta terça-feira, 16, o secretário municipal de Educação, Ronaldo Oliveira, foi convidado a explanar a reestruturação da Educação do município, explicando as principais mudanças e quais os benefícios que essas transformações acarretarão para a sociedade.

O secretário iniciou sua explanação destacando que o assunto que mais chama atenção e motivo pelo qual foi convidado a estar fazendo a explanação na Câmara, fora a desativação de algumas escolas do município. “O assunto que mais chama atenção, sem sombra de dúvidas, é a desativação de algumas escolas, mas claro que a questão da desativação é apenas um item que nos propomos a detalhar aqui neste plenário. Quando nós apresentamos o projeto de educação para o nosso município, que foi fruto de bastante estudo e análise, não só por mim, mas, principalmente, por técnicos da Secretaria de Educação, nós identificamos vários pontos da nossa educação”, explicou o secretário.

O secretário destaca ainda que um dos pontos mais críticos encontrado na educação, foi o excesso de salas multisseriadas no município. “Um dos pontos que identificamos foi a existência de 29 escolas com salas multisseriadas, que são salas contendo várias séries, com crianças de idades diferentes, em uma mesma sala de aula com um único professor. Nós fizemos esse levantamento e reduzimos de 29 a apenas 4 unidades de ensino nesta situação. Nós também percebemos que a estrutura física, organizacional do nosso município, no tocante a Educação, é muito grande, ou seja, 45 escolas com quantidade minuta de alunos”, pontuou.

“Nós fizemos um estudo detalhado e percebemos que se nós continuássemos desse jeito seria praticamente impossível, em um futuro bem próximo, gerenciar toda essa máquina administrativa. Esse exemplo vem acontecendo em muitos municípios sergipanos, como o município de Salgado, São Cristóvão, o município de Estância ano passado desativou 10 escolas, e mesmo o município de Itaporanga D’Ajuda, na gestão passada, desativou quatro escolas, mas antes disso, já havia sido desativado mais quatro, analisando somam-se oito escolas fechadas”, continuou explicando o gestor da educação.

Oliveira enfatizou que o objetivo é inovar a Educação do município, para oferecer aos munícipes mais qualidade de ensino. “Procuramos inovar a nossa educação, quando criamos o primeiro Polo de Ensino Integral, que fica no povoado Gravatá, e quando reduzimos a quantidade de diretores. Outro ponto foi a atualização dos salários dos professores contratados, que em sua maioria recebiam um salário mínimo. Investimos na autoestima dos nossos professores, estamos transformando a educação do nosso município, reduzindo cada vez mais os problemas, estamos tentando colocar em prática o nosso projeto, que é inovador e vai dar certo. Ocorre que todas as transformações que chamam atenção, causam polêmica”, afirmou o secretário.

Após a explanação do secretário, os vereadores de situação e oposição utilizaram a tribuna para fazer suas respectivas análises e questionamentos ao secretário, acerca da reestruturação da Educação do município. Muito centrado e conhecedor técnico da situação, o secretário respondeu todas as perguntas, não deixando as indagações sem respostas. Dos 13 vereadores, 10 utilizaram a tribuna.

Diversas lideranças do município estiveram presentes na sessão solene desta terça-feira, entre elas, o vice-prefeito Francinaldo Alves, o secretário Geral do Município, Lucas Macedo, o secretário Adjunto de Educação, Márcio Travassos, o chefe do Setor de Transportes do Município, Marcos Silva, entre funcionários e moradores de vários povoados que também marcaram presença.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS