Itaporanga recebe força-tarefa da Brigada Itinerante de Combate à Dengue

O município de Itaporanga d’Ajuda recebe nesta segunda, terça e quarta-feira, 03, 04 e 05, a força-tarefa formada por 80 agentes de endemias, supervisores e coordenadores da Brigada Itinerante de Combate à Dengue, para reforçar o trabalho de combate à dengue que vem sendo realizado pelos agentes de endemias do município. A Brigada Itinerante de Combate à dengue é uma iniciativa do governo do Estado, ativada através da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com a Fundação Estadual de Saúde (Funesa), com o objetivo de reforçar o trabalho dos municípios na luta contra a infestação do Aedes. Em Itaporanga o trabalho é realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.

O prefeito Otávio Sobral esteve na recepção aos profissionais, no Clube Social, e agradeceu a toda Brigada pela presença no município. “Quero agradecer a todos por estarem em nosso município realizando uma ação que é tão importante para a nossa saúde. Desejo um excelente trabalho para todos, que consigam diminuir, ainda mais, o nosso índice, extinguindo qualquer chance de aumento de infestação do mosquito da dengue em nosso município. Agradeço a Secretaria de Estado da Saúde, a Funesa e aos nossos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde pelo excelente trabalho”, disse o gestor municipal.

O município de Itaporanga d’Ajuda possui um baixo índice de infestação, 1.2, que significa médio risco. O coordenador da Brigada Itinerante de Combate a Dengue da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Edvaldo Ferreira Maciel, explica que o objetivo é de informar a população sobre os riscos da Dengue. “Em um acordo do Estado com a Prefeitura decidimos vir reforçar a comunidade Itaporanga. O papel principal da Brigada é informar, depois realizamos visitas nas residências e eliminamos os criadouros, pois sabemos que 85% dos imóveis estão criando a larva do mosquito através dos seus criadouros, em último caso nós vamos destruir e tratar os criadouros que a gente encontrar”, explica.

“A Brigada está com 80 pessoas, dividida em sete equipes, distribuídas em toda cidade nesta segunda-feira, na terça estaremos na região Caueira, e na quarta estaremos na região Sapé. A gente vai fazer um trabalho tentando levar essa informação para toda comunidade. Combater larva de mosquito só com educação. Pedimos aos moradores que atenda os nossos agentes que estão todos identificados, pois são preparados. E pedimos também que atendam os agentes do município. O índice é 1.2, isso significa que pelo menos 100 casas está com larva de mosquito e basta uma fêmea para infectar 25 pessoas em média”, concluiu o coordenador da Brigada.

Scroll to top
Skip to content