ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Assistência Social de Itaporanga realiza I Encontro Municipal sobre Serviço de Acolhimento

O Encontro teve como objetivo ampliar conhecimentos sobre o Serviço de Acolhimento de Crianças e Adolescentes em Medidas Protetivas no Município de Itaporanga D’Ajuda

29/11/2018 15:23 - atualizado em 29/11/2018 15:24

Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Assistência Social de Itaporanga realiza I Encontro Municipal sobre Serviço de Acolhimento

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho, por meio da Casa Lar Ione Maria Santana de Lima, realizou nesta manhã, 29, o I Encontro Municipal sobre Serviço de Acolhimento Institucional de Criança e Adolescente sob Medida Protetiva - Alta Complexidade da Assistência Social. O Encontro teve como objetivo ampliar conhecimentos sobre o Serviço de Acolhimento de Crianças e Adolescentes em Medidas Protetivas no Município de Itaporanga D’Ajuda, possibilitando aprimorar e qualificar o atendimento nos serviços oferecidos a este público.

O evento contou com a participação da coordenadora da Infância e da Juventude no Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe, Dra. Iracy Ribeiro Mangueira Marques, que destacou a importância do evento. “Eu acho que discutira questão do acolhimento institucional é uma causa prioritária, porque quando a gente fala de criança e adolescente a gente está trabalhando com princípio constitucional de prioridade absoluta e acho que é muito importante esse olhar do município. Então está de parabéns o gestor municipal e todos os profissionais presentes”, afirmou a juíza durante o seu discurso.

A delegada do município de Itaporanga d’Ajuda, Dra. Mariana Amorim, também esteve presente e enfatizou a parceria com as agentes de proteção do município mobilizados na construção de políticas sociais que desenvolvam ações dentro da realidade do município. “Já estive diversas com os conselheiros do município e com a coordenadora da Casa Lar e mais uma vez me coloco a disposição para colaborar com ações pertinentes de proteção, defesa e conscientização sobre os direitos da criança e do adolescente”, disse a delegada.

Representando o prefeito Otávio Sobral, o secretário de Cultura e Turismo, Palmiro Fontes, aproveitou a oportunidade para parabenizar a equipe de Acolhimento Institucional por promover um momento de discussão com toda a sociedade acerca do tema. “Acolhimento é uma palavra forte, que se faz acolher, colocar pra dentro de si, dentro de sua casa, alguém. Quando a família não tem mais nenhuma instância, a gente, Estado, entra e pega as crianças e adolescente que estão vulneráveis nos quesitos pessoal e social e leva para Casa Lar ou para os abrigos”, destacou.

A coordenadora da Casa Lar Ione Maria Santana de Lima saudou o público presente com as boas-vindas em um evento tão importante. “Agradeço imensamente a presença de todos neste evento que é um marco nas ações realizadas pela Secretaria de Assistência Social e Trabalho e os agentes envolvidos nessa política de proteção da criança e do adolescente”.

O evento contou ainda com palestras ministradas pela gerente e assistente social da Proteção Social Especial da Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social (Seidh), Kátia Cristina Ferreira dos Santos, e pela psicóloga e psicanalista do Núcleo Psicanalítico de Aracaju (NPA), da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP), da Sociedade Psicanalítica do Recife (SPRPE) e membro do Centro de Estudo e Atendimento Relativos ao Abuso Sexual (CEARAS), Sônia Pinto Alves Soussumi.

Sobre a Casa Lar

O Serviço de alta complexidade da Assistência Social de Itaporanga D’Ajuda é oferecido pela Casa Lar Ione Maria Santana de Lima, criada no ano 2015. A Casa Lar acolhe crianças e adolescentes de 0 a 18 anos, oferecendo serviço de acolhimento de criança e adolescente, realizando acompanhamento integral com intervenções e encaminhamentos, visando a superação das necessidades identificadas nos acolhidos e família.

A Assistência Social de Itaporanga D’ajuda, através da Casa Lar inseriu a primeira família de Sergipe no Projeto de Estudo e Atendimento a Família Disfuncional, projeto realizado em uma parceria da Universidade Tiradentes-UNIT, Tribunal de Justiça e Universidade de São Paulo- USP.

Por Janaina Oliveira


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS